Valtra lança dez tratores na Expointer 2018
Você está em: / Home / Imprensa / Notícias / Valtra lança dez tratores na Expointer 2018
21 de agosto de 2018

A Valtra, referência global em fabricação de máquinas agrícolas, apresenta ao público da Expointer 2018 cinco novos modelos de tratores da Família A Geração 4, ou A4, lançamentos da marca na região Sul do país. Além disso, a Linha BH ganhará mais cinco modelos, todos com transmissão automática. O evento agrícola acontece entre 25 de agosto e 2 de setembro em Esteio (RS).

A Família A4 é composta por três Séries: A4s, A4, e A4 HiTech, essa última com transmissão automática. Entre os lançamentos estão três modelos A4s, inéditos até então, e mais dois que se somam à Série A4, apresentada no ano passado.

Os modelos da Série A4s variam entre 75 e 95 cv, e possuem chassi compacto, ideal para pequenas e médias propriedades ou operações que demandam potências menores. Já os modelos A94 e A104, da Série A4, são indicados para a média potência, oferecendo 95 cv e 105 cv, respectivamente.

“Os cinco novos tratores da Família A4 vêm para suprir as necessidades específicas de cada propriedade, oferecendo tecnologia, potência e robustez ao produtor rural, independentemente da cultura ou região do país. Dessa forma, a Valtra amplia ainda mais seu portfólio, de qualidade reconhecida no mercado”, afirma Rodrigo Junqueira, diretor de vendas da Valtra.

Disponíveis nas versões cabinado e plataformado, os tratores da Família possuem resistente transmissão mecânica 12+12 ou 24+24 com o Super Redutor com o melhor escalonamento de marchas, conforme modelo, e reversor eletro-hidráulico PowerShuttle, o que proporciona ganhos de agilidade durante as manobras, além de ajuste de arrancada conforme o tipo de operação.

Linha BH com transmissão automática

Outro lançamento da Expointer 2018 é o da Linha BH HiTech, evolução da consagrada Linha BH Geração 4, que agora passa a oferecer transmissão com troca de marcha automática. Os tratores Valtra BH possuem como característica a simplicidade de operação aliada a robustez na entrega, sendo bastante indicada para trabalhos pesados.

“A Linha BH é reconhecida no mercado pela liderança no segmento, com alto rendimento na melhor relação peso/potência da categoria. Em 2017 lançamos a Geração 4 dessa família, com sete opções de motorização. Agora, na nova Linha BH HiTech a grande novidade é a transmissão HiTech3 (HiTech “three”) PowerShift com troca automática dentro dos grupos, com 18 velocidades para frente e 18 para trás”, diz Winston Quintas, supervisor de marketing de tratores da Valtra.

A Linha BH HiTech é composta pelos modelos BH144 HiTech (145 cv), BH154 HiTech (159 cv) e BH184 HiTech (180 cv) com motores de 4 cilindros e os modelos BH174 HiTech (179 cv) e BH194 HiTech (195 cv) com motores de 6 cilindros.

Outros destaques da Valtra na Expointer:

Plantadeiras com dosadores inteligentes

Nas plantadeiras, a novidade da Valtra é a inclusão de fábrica da tecnologia Precision Planting, dosadores inteligentes que agregam maior performance na distribuição de sementes nas plantadeiras HiTech e Frontier CFS. O sistema garante mais de 99% de singulação, mantendo o espaçamento entre sementes regular.

A Série HiTech de plantadeiras Valtra será oferecida tanto nas versões Semente e Adubo quanto nas versões Seed (somente sementes), e ainda podem ser equipadas com o sistema de transmissão hidráulica que permite a aplicação de adubo e semente em Taxa Variável, além de oferecer maior capacidade de semeadura e robustez para enfrentar longas jornadas.

O sistema de dosadores inteligentes pode ser agregado nas plantadeiras Valtra das linhas Frontier CFS e HiTech, ambas em exposição na Expointer 2018. As duas também podem ser equipadas com o sistema de transmissão hidráulica que permite a aplicação de adubo e semente em Taxa Variável, tecnologia que permite programar a distribuição de sementes e fertilizantes com um simples toque na tela de comando, de dentro da cabine, de acordo com um mapa de recomendação.

Colheitadeiras Série 800

Os modelos axiais BC6800, BC7800 e BC8800 trazem os novos motores eletrônicos com tecnologia SCR, adequados à legislação ambiental Proconve MAR-1. O sistema de processamento axial ainda possui o maior rotor do mercado, côncavos com suspensão e maiores áreas de trilha e separação, o que gera maior capacidade de colheita para todos os tipos de cultura.

As máquinas axiais da linha 800 possuem o exclusivo sistema de arrefecimento V-Flow, que elimina a necessidade de manutenção diária, e a maior velocidade de descarga do mundo, que chega a 150 L/s nas classes 7 e 8. Com esses benefícios, as colheitadeiras da série 800 garantem economia de combustível e menor tempo com a máquina parada.

As colheitadeiras Valtra estão disponíveis de fábrica com as plataformas Draper de 25 a 45 pés, totalmente produzidas no Brasil. Com alta tecnologia, as esteiras de borracha conduzem os grãos com maior eficiência, reduzindo as perdas da colheita. As máquinas também contam com maior capacidade de processamento e separação de grãos.

Soluções para fenação

A Valtra também levará à Expointer 2018 a dois modelos de enfardadoras, para produção de fardos redondos e retangulares. Há quase 40 anos no mercado, a linha Challenger é a mais avançada, produtiva e confiável entre as enfardadoras, e são comercializadas no Brasil pela Valtra.

Projetada para a formação dos fardos cilíndricos, a CH 1745 possui câmara variável que permite ajustes de vários tamanhos de fardos, de 0,76 a 1,58 m de diâmetro, atendendo diferentes condições de trabalho. O sistema de densidade com dois cilindros e duas molas mantém a alta densidade na formação dos fardos de maneira uniforme, resultando em um produto sólido e de qualidade.

As aplicações dos fardos variam entre alimentação animal e produção de biomassa, que pode ser utilizada na cogeração de energia, produção de etanol celulósico 2G e na formação de pellets e briquete.

Já a enfardadora CH 1838 é dedicada à montagem de fardos retangulares. O equipamento compacto e de simples manuseio oferece baixo consumo e é recomendado para o trato animal, como ferramenta importante na alimentação equina e bovina.

O sistema de recolhimento de palha central oferece menor perda de material, que é distribuído de maneira homogênea. Dessa forma, o equipamento produz fardos uniformes, mantendo a densidade, durante todo o processo de formação. Com fardos padronizados, o armazenamento e transporte passam a ser mais eficientes.